Comandante do 5º RPMon destaca Santiago como referência em segurança

No último “Conversas com o Parlamento” do mês de novembro, a Câmara de Vereadores recebeu a visita do Major Noé Jesus da Costa. Entre outros assuntos, o Comandante do 5ºRPMon abordou temas pertinentes, apresentados detalhes da atuação da Brigada Militar em Santiago e nas demais cidades da área de abrangência. Após uma exposição detalhada de estatísticas e detalhes do dia a dia, Noé respondeu a questionamentos dos vereadores e, assim como na visita do Delegado Guilherme Milan Antunes, da Polícia Civil, reforçou que Santiago é uma cidade acima da média no combate à criminalidade e o quanto a comunidade vive com a sensação permanente de segurança.

“Um exemplo são as abordagens. Foram mais de 37 mil abordagens somente em 2021. É muito difícil alguém de fora passar por Santiago sem ser abordado em algum momento”, destacou o comandante.

O Major Noé também destacou a importância da comunidade na atuação da corporação, até mesmo quando critica. Segundo ele, apesar delas, na grande maioria das vezes o trabalho tem a aprovação e mesmo quando isso não acontece, algo de positivo se leva das situações. Ainda sobre corporação, o comandante confirmou o efetivo de soldados está completo, o que muitas vezes dificulta a transferências de santiaguenses para a cidade.

Em relação aos números apresentados e às principais ações, o Major destacou o PROERD (Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência), que somente em 2021 deve formar mais de 600 alunos, desenvolvendo neles habilidades para evitar influências negativas e a implantação da Patrulha Maria da Penha, implantada em abril, e que vem ajudando a reduzir os índices daquela que vem sendo a principal ocorrência atendida em Santiago.

“Em 2020 registramos 367 casos de Maria da Penha, enquanto em 2021, até o momento foram registrados 286″, acrescentou.

Na lista de principais ocorrências estão os delitos de trânsito. Além dos acidentes com lesões e danos materiais, também se destacam  a violação da suspensão do direito de dirigir e, no topo das ocorrências, a entrega da direção a pessoas sem habilitação.

IMG_20211124_091212476

Compartilhar